Friday, 20 de September de 2019

Mais de trinta

É errado visitar Sex Shop?

Sex Shop é obrigado a fechar as portas no DF

Sex Shop é obrigado a fechar as portas no DF

No começo desse ano aconteceu um fato inusitado em Águas Claras – DF (para quem não é de Brasília, Águas Claras é uma cidade satélite composta basicamente por condomínios verticais de classe média e classe média alta), um sex shop foi obrigado judicialmente a fechar as portas depois de condôminos alegarem em uma petição que o negócio feria as normas do condomínio.

Na prática, muitos reclamaram que a presença da loja feriria a moral e exporia as crianças à presença de produtos não adequados. A questão é que nada disso procede, pois na vitrine ficavam expostos apenas corselets (lindos, aliás), mais discretos que muito produto à venda em grandes lojas de shoppings.

Enfim, ficou muito claro o desconforto das pessoas com a presença de um negócio que fala de sexo tão perto de suas casas. É como se a simples existência da loja expusesse a grande “vergonha” que é o fato de que todos temos uma vida sexual. Me surpreende o medo que as pessoas têm da própria sexualidade e o pudor que colocam diante de suas taras e desejos.

Por isso me pergunto: por quê?

Porque temos tanta vergonha de admitir que queremos mais do sexo? Que temos vontade de brincar e nos divertir na cama? Muitas mulheres passam a vida sem experimentar um orgasmo, e o maior problema está na cabeça, no fato de que crescemos escutando que sexo é algo sujo, de que devemos nos envergonhar, e que mulher séria não é muito chegada a isso. Esse assunto é relegado a conversas sussurradas e risinhos constrangidos.

É hora de ver tudo com mais leveza, dar risada na hora de transar, com ou sem brinquedinhos, mas por vias das dúvidas, não custa dar uma passada num sex shop e ver umas novidades, longe ou perto da sua casa.

Comentários

Comentários

Conteúdo exclusivo e promoções

Cadastre-se

Cadastre seu e-mail para receber as atualizações do Mais de Trinta e ser informado de promoções exclusivas para assinantes. Você receberá duas mensagens por semana!