Thursday, 21 de November de 2019

Mais de trinta

Sexo depois da gravidez, por que ele não quer mais?

“Querida amiga Alessandra, estou passando por uma situação muito difícil em meu relacionamento, o que acho que muitas mulheres devem passar. Sou casada há seis anos, mas só agora resolvemos ter nosso primeiro filho. A gestação foi maravilhosa, nada mudou, ele embora receoso sempre me procurava para fazer sexo e eu a ele. Mas, depois que o bebê nasceu ele não me procura mais. Nosso filho já está com quase cinco meses, já passou o período de resguardo e nada. Eu sempre fui assanhada e não espero que ele me procure, mas ele sempre diz que não sente vontade e quando chegamos a fazer algo ele “falha”. Sei que ele me ama. Fora esta parte continua a ser um homem muito amável. Já ameacei me divorciar e ele implora para que eu não tome esta atitude. Por favor, minha amiga me ajude, estou muito aflita!” G.A – Belo Horizonte

Querida amiga são inúmeros os fatores que levam a este tipo de instabilidade sexual. Muitos casais voltam a praticar o ato sexual normalmente logo após o período de resguardo, muitos até antes. Depois que o bebê nasce vocês são “pais”, a libido do casal diminui pois surgem mais tarefas, cansaço, falta de tempo e a atração sexual para alguns homens fica limitada em, relação à mulher. Os seios por exemplo, não são mais apenas fontes de prazer para ele. Sempre digo que homens são eternos meninos e isso é culpa da mulher-mãe! Eu, mãe de dois meninos os paparico em tempo integral. Homens são mais turrões e duros na queda por isso surge a necessidade materna de paparicar o filho, afinal, a mãe quer seus filhos sempre por perto.

Dependendo da maneira que você começou a tratar seu marido após o parto, involuntariamente, ele acabou sentindo-se de lado. Perdeu o colo e as gracinhas que você fazia para ele, isso mesmo, é possível uma pequena pontadinha de ciúme. Você está cansada, indisposta e não se arruma mais como antes. Onde foi parar toda aquela sedução? Onde foi parar a esposa gostosa dele?

Não quero dizer que a culpa é sua, como também não é dele. Mas de ambos. Observe tudo o que mudou na vida de vocês e o que deixaram de fazer. Passem a sair juntos deixando o bebê com a mãe, com a sogra ou um parente próximo. Vocês continuam sendo marido e mulher. Observe como anda o relacionamento de vocês, se estão se perdendo. Passe a identificar as linguagens corporais que ele transmite. Procure sentar-se sempre de frente para ele, com a posição dos membros inferiores copiando a posição em que ele está, se for possível faça um espelhamento cruzado (Observar os movimentos do parceiro) , em alguns casos o espelhamento cruzado obtêm resultado imediato, mas em outros dependendo do tempo de “afastamento” do casal pode demorar um pouquinho, de semanas a um mês, até que consiga resgatar a proximidade dele.

Indico o espelhamento cruzado nesta situação por agir diretamente no subconsciente dele a fim de estimular e resgatar o desejo sexual de ambos. Estimule também o contato visual ao mesmo tempo que pratica o espelhamento, use roupas que você sabe que ele gosta, esteja sempre sexy para ele. Vale falar besteirinhas ao pé do ouvido e enviar sms repleta de sacanagem fora de hora. Usando estas técnicas você fará com que ele se sinta “homem” novamente.

Comentários

Comentários

Conteúdo exclusivo e promoções

Cadastre-se

Cadastre seu e-mail para receber as atualizações do Mais de Trinta e ser informado de promoções exclusivas para assinantes. Você receberá duas mensagens por semana!