Sunday, 12 de July de 2020

Mais de trinta

Toda nudez será castigada

Ela acorda, toma seu café quente na espera de algo que acolha o coração. Seca seus cabelos os amassando com as mãos, encara o espelho, pinta-se e sai. Todo mundo lhe vê bela, mas ninguém a vê inteira.

Algumas pessoas retratam a nudez como algo natural e puro, sem aquele erotismo e fetichismo bobo, pessoas que olham o corpo como uma extensão nobre do que se ocupa dentro.

Refiro-me a nudez da alma, quando nos despimos das amarras e das angustias e deixamos florescer o que somos no total. Doamo-nos nus aos outros, sem armas, sem mascaras, sem deixar que a estética seja a única importância da beleza. Permitimos ver beleza em outros detalhes, ficando mais sensíveis ao toque, ao cheiro e ao olhar.

A Nudez é uma forma de expressão

A Nudez é uma forma de expressão

Quando deixamos de ser só corpo, só matéria e mudamos nosso padrão do que é belo, ficamos adultos e vamos preferindo o charme à beleza, preferindo inteligência e humor. Os olhos azuis e os corpos sarados continuam talvez importantes, mas talvez se apaguem facilmente por um pequeno detalhe que se faz tão grandiosos quando não se tem.

Não podemos esquecer das trocas enriquecedoras com os amigos, de achar graça nos  defeitos, de lembrar que fazem parte de compor o que se é.  Que através dos defeitos também são feitas outras qualidades.

Não podemos esquecer que o amor transborda e pessoas que se amam trazem sorrisos amáveis que nos deixam mais bonitos. Esquecemos de nos ver nus. A mulher esquece de ver beleza em suas curvas quando está mais “cheinha”, o  homem esquece de ver a beleza em seus pés de galinhas.

Nelson Rodrigues mesmo já dizia que “toda nudez será castigada”, como se soubesse que aceitar a si mesmo fosse um castigo do qual estamos todos destinados.

Aceitar que somos humanos e que cometemos erros, que seremos ignorantes em alguns assuntos e que não há mal nisso, porque jamais aprenderemos tudo e que é uma delicia ter sempre algo a mais a ensinar e aprender. Que magoamos pessoas, que traímos, mentimos que somos fofoqueiros e narcisos.  Que nos preocupamos em dar conselhos dos quais não seguimos,  que julgamos demasiadamente, que choramos , que nos fazemos de vitimas e que guardamos alguns rancores.

A nudez deixa a cabeça leve, a alma calma, a mente serena e o corpo saudável

A nudez deixa a cabeça leve, a alma calma, a mente serena e o corpo saudável

Quando nos entregamos a uma nudez total isso fica para trás.  Entregar-se de corpo e alma a vida e deixar que algumas coisas também andem sozinhas, pelos astros, por sorte ou por mera coincidência.  Deixar a cabeça leve, a alma calma, a mente serena e o corpo saudável.

Tudo isso é seu mecanismo de trabalho e você precisa de tudo intacto quando nascer o dia.

Ocupar-se com coisas que te tragam enriquecimento, ler um bom livro, comer uma boa comida,  cozinhar entre amigos, tomar uma taça de pinot noir,  tomar um banho quente de banheira, ir ao teatro, rir de si, pisar na grama, ver o sol, sair para dançar.

Fazer ginástica, mas não só para cultuar o corpo, mas para te-lo sadio. Fazer amor com que se ama e usar seu corpo para ser um só, por algumas horas.  Compra um batom novo não para só ficar bonita, mas para agradar a si, comprar uma camisa nova para presentear e mimar a si mesmo.  Cuidar de você mesmo, de dentro para fora, enriquecer o espírito.

Ficar nu é doar-se aos outros, ser menos egoísta, compartilhar seu melhor e acreditar que por quais motivos forem algumas coisas são como são e seu olhar pode ser diferente sobre todas as coisas.

Leia outras colunas de Luciana Mazzilli

Conheça outros colunistas do Mais de Trinta.

Comentários

Comentários

Conteúdo exclusivo e promoções

Cadastre-se

Cadastre seu e-mail para receber as atualizações do Mais de Trinta e ser informado de promoções exclusivas para assinantes. Você receberá duas mensagens por semana!