domingo, 22 de janeiro de 2017

Mais de trinta

Você sabia que existe uma igreja da Beyoncé?

Beyoncé

Beyoncé

É indiscutível que Beyoncé hoje é uma das principais artistas do pop e black music, digamos que ela é uma artista completa (e de fato chega muito perto disso mesmo), faz muito bem tudo o que se propõe a fazer, canta, dança, é linda, e ainda carismática com o seu público e com a mídia. No entanto, é impressionante o que um fã é capaz de fazer pelo seu ídolo. 

Um grupo de seguidores de Beyoncé da cidade de Atlanta levaram tão à sério o seu fanatismo pela cantora que acharam uma forma de colocá-la no nível máximo de um pedestal, eles criaram uma religião própria para adorar a “Deusa Beyoncé“. Isso mesmo, uma religião, com igreja e tudo, chamada Igreja da Bey!

A Igreja da Bey foi criada há mais ou menos 1 anos atrás, e conta com 203 cadastrados até o momento. “Éramos 12 amigas, e saíamos todo domingo para cantar as músicas de Beyoncé. Um dia, enquanto escutávamos, bebíamos vinho e fumávamos, chegamos à conclusão de que Beyoncé é uma divindade”, diz Pauline Andrews, autoproclamada Diva Ministra da Igreja Nacional de Bey.

Para ter noção da seriedade da coisa, os “apóstolos” de Beyoncé seguem uma rotina na Igreja da Bey. Todos os sábados à noite acontece um culto semanal onde são recitados versos das músicas da cantora, formando uma espécie de bíblia, a Beyblia.

“Nosso texto sagrado é a Beyblia, uma compilação das letras da música dela. A partir da Beyblia, podemos melhorar nossas vidas e nos esforçar para nos tornarmos Divas Divinas”, explica Andrews, que acredita que existam 58 milhões de seguidores do Beyísmo no mundo — “mas 99% deles não descobriu isso ainda”

E não para por aí. Andrews explica que o Beysmo não se trata de “Acreditar que Beyoncé ressuscitou dos mortos, nem que ela é perfeita. Apenas é uma luta para que nós todas tentermos ser a Diva que ela é. Esperamos que os milhões de fãs de Beyoncé entendam que são seguidores do Beyísmo, para todos nós nos inclinarmos aos pés da Deusa Beyoncé”. A maior parte dos seguidores da religião são mulheres, mas homens também são bem-vindos.

Que loucura, hein!

Comentários

Comentários

Conteúdo exclusivo e promoções

Cadastre-se

Cadastre seu e-mail para receber as atualizações do Mais de Trinta e ser informado de promoções exclusivas para assinantes. Você receberá duas mensagens por semana!