Wednesday, 15 de July de 2020

Mais de trinta

Copa do mundo: homens, entendam a torcida feminina

riquelme larissa

Mulher também pode torcer?

Com a festa da copa, mesmo quem não se interessa por futebol acaba entrando na brincadeira, tanto homens, quanto mulheres. Isso criou o esterótipo da mulher que não entende nada de futebol e acaba falando merda ao tentar participar do papo de torcedores. A partir daí, surgem campanhas publicitárias de promoção de sapatos na hora dos jogos (peça o cartão de crédito do seu homem e gaste rios de dinheiro com sapatos, para ele poder assistir ao jogo sossegado) e matérias de comportamento em revistas femininas ensinando como ser uma boa companhia e não importunar os machos em dia de jogo.

Oi?

Para ser aceita na festa, é necessário escolher um estereótipo para representar, de preferência o da torcedora gostosa (beijos, Larissa Riquelme!) que se fantasia e pinta a cara, mas cuidando para não ficar feia nem engraçada. O objetivo aqui é ficar fofinha e sexy, então não esqueça da escova no cabelo e do decote generoso. Aí ninguém vai ligar se você entende ou não de futebol.

Os homens não acreditam, mas existem mulheres que gostam e entendem de futebol, sim. E elas não são o Santo Graal, a mulher perfeita, a escolhida, como muitos pensam. E também não são necessariamente o outro estereótipo: as masculinizadas (ou são, mas isso é problema delas). São apenas…. mulheres. Que, entre outros interesses, apreciam futebol, da mesma forma que homens.

Com a aproximação dos jogos da copa do mundo, o frenesi de piadas com a relação mulheres x futebol mostra como a sociedade brasileira ainda é atrasada e machista. A mulher não pode ser um ser normal, que tem interesse esporádico em esportes e gosta de copa do mundo porque é um evento divertido. Apenas os homens tem o privilégio de não precisar explicar o seu interesse pelo evento.

Assim como, quando uma menina usa uma camiseta de banda, alguns babacas se sentem no direito de sabatinar a coitada sobre músicas obscuras e todas as formações da referida banda (mas ninguém ousa usar o mesmo tom de ironia ao comentar uma camiseta de banda usada por um homem), na copa do mundo elas tem que se justificar.

Independente dos absurdos que o PT e a FIFA estão aprontando, a copa vai acontecer. Homens irão assistir, e mulheres irão assistir. Alguns entenderão de futebol, outros não. Alguns usarão tanga, outros não. Tem gente que vai torcer a favor e outros contra a seleção canarinha. Alguns nem vão assistir, mas querem participar da bagunça. E pronto.

Já passou da hora de entender que torcedora também é gente.

Comentários

Comentários

Conteúdo exclusivo e promoções

Cadastre-se

Cadastre seu e-mail para receber as atualizações do Mais de Trinta e ser informado de promoções exclusivas para assinantes. Você receberá duas mensagens por semana!