Tuesday, 20 de August de 2019

Mais de trinta

Dá pra esquecer um amor com uma paixão?

Amor ou paixão

Amor ou paixão

Estranho esse titulo não é verdade? Mas foi o que realmente aconteceu pela 3° vez devo ser sincero com uma garota muito especial (alguém por quem simulo um amor, mas sabe e entende que já estou perdidamente apaixonado por ELLA, e se prontificou docemente a me ajudar atenuar a dor da ausência de meu amor principal).

Conheci a Julia (essa posso usar o nome próprio real, pois além de ser Cidadã maranhense não é famosa no meio fashion ou mídia diferente DELLA) na véspera de natal do ano passado num lugar improvável (balada underground na decadente rua Augusta) e já a primeira vista me chamou muita  atenção pela semelhança física (principalmente rosto) com ELLA. Morena, cabelo preto  liso até a cintura, boca, queixo, nariz desenhados simetricamente com aquele ar angelical de princesinha Disney. Para completar, olhos amendoados e muito puxados lindos e uma pintinha na bochecha que me deixa fascinado (sua marca particular, pois nem ELLA tem tal pintinha nesse lugar evidente). Aquele sotaque gostoso, dengoso e arrastado do nordeste: voz de menina (também tem só 20 aninhos a garota!!!), mas acreditem a atitude não é de ninfeta irresponsável, pois a mesma é mamãe de uma menininha de 4 anos e passa um certo ar de seriedade apesar dos modelitos ultra-curtos e apertados que gosta de usar em suas deliciosas curvas….Ah, que curvas maravilhosas!!!! Tudo no seu devido lugar. Linda e perfeita demais com barriguinha chapadissima, fruto de muita dedicação na academia (igual ELLA também nesse quesito de esforço pra manter o corpo sempre perfeito).

A conheci em dezembro, e a revi dessa vez com mais intimidade já no começo de janeiro e depois ela se foi pra minha tristeza (ELLAS sempre vão…) para  seu distante estado-natal: Maranhão, pra talvez nunca mais voltar para os meus braços. Convenhamos, a Julia tem uma filhinha lá e vida totalmente diferente da minha aqui em Sampa, e eu deixei bem claro estar perdida e irrecuperavelmente apaixonado por ELLA ,assim sendo não oferecendo nenhuma garantia emocional pra garota, Mas que ela mexeu comigo, isso sim, não tem como negar. Lembrem-se já estava a mais de 6 meses sem ver ou tocar ELLA que estava fora de SP e nem dizia onde segundo acordo de cavalheiros entre nós.

Mas o “nunca mais” da Julia durou apenas 9 meses , e eis que volta a SP e me manda um recado assim por sms: “vem me ver no mesmo lugar onde nos conhecemos e na mesma hora”.

Pois é, a Julia também acredita na mágica das coisas simples que o Destino caprichosamente coloca em nossos caminhos, nesse ponto ela, a Julia é tão romântica e sonhadora quanto eu.

Linda e agora com silicone nos seios (não precisava em absoluto, mas tiro o chapéu para o cirurgião que tinha como matéria-prima o melhor produto do nordeste brasileiro em mãos), ela me sorriu na penumbra da balada, sentou do meu lado naqueles sofás de encosto alto do canto, acariciou meu rosto e eu pedi um tempo, sim um tempo para processar toda beleza dela, da Julia, e controlar o êxtase que explodia dentro de mim; consegui o primeiro intento, fracassei miseravelmente no segundo: e um beijo ardente uniu nossos lábios por segundos intermináveis enquanto ela (a Julia), literalmente subia m meu colo de forma despudorada com um shortinho de couro do tamanho de um cinto, e um bustiê dourado que só lhe cobria os biquinhos dos seios. O gerente nos aconselhou a maneirar, e logo fomos embora rumo ao motel, o mesmo onde tivemos nossa primeira noite de amor 9 meses antes. (calma ninguém ficou em período de gestação durante esse tempo, nem eu nem ela, a Julia, kkkkkkk)!!!

Sem mais detalhes ardentes e picantes de nossa noite de amor (isso apenas nos diz respeito) , mas já adianto, por algumas horas parei de pensar e sofrer por ELLA, feito que nenhuma outra de minhas companheiras de alcova conseguiram!!! Mas será que a esqueci mesmo??Lembre-se ELLAS são quase idênticas em aparência e jeitinho de princesa (na arte do amor ELLA  ainda ganha, é fogo admitir isso, mas tenho que ser justo!!!) Já no beijo e na entrega romântica ninguém supera a Julia. NOSSA QUIMICA ROMANTICA É EXCEPCIONAL.

Já voltou pra terra dela quando escrevo tais linhas e levou parte de meu coração com ela (a Julia), a parte que foi curada, remontada e emendada após ser cruelmente despedaçada por ELLA (a original). Esperarei pela sua volta (a Julia, pois já percebi que ELLA mesmo na cidade sempre estará muito “longe” de mim…). Combinamos de nos ver pelo menos uma vez por mês, ou ela (a Julia) vem pra cá, ou eu (o idiota que vive se apaixonando e não aprende nunca) voarei ao seu encontro…(me aguarde Gol, serei  a partir de agora seu cliente em milhas aéreas mais fiel no percurso para o quente e ensolarado Maranhão).

A Julia voltou a me dar um fôlego de vida e reacendeu minhas esperanças no “amor” que estavam quase mortas por ELLA. Isso me tornou o homem mais feliz da Terra novamente.

Nova ilusão que não levará a nada? (ela, a Julia é muito novinha);ou um “antigo e perene amor” em nova vestimenta? (lembrem-se sempre da incrível semelhança com ELLA). Não sei, e pouco me importa, mas a musica que usarei como trilha sonora desse acontecimento memorável em minha agitada vida sentimental é a incrível “Você”, interpretada pelo também sofrido e desgastado “guerreiro do amor “Tim Maia”“.

 

E viverei intensamente “Julia”, enquanto essa emoção durar, parafraseando Vinicius: “que o amor seja eterno enquanto dure…”

 

Comentários

Comentários

Conteúdo exclusivo e promoções

Cadastre-se

Cadastre seu e-mail para receber as atualizações do Mais de Trinta e ser informado de promoções exclusivas para assinantes. Você receberá duas mensagens por semana!