Saturday, July 26, 2014
You can use WP menu builder to build menus

Caro amigo urso, venho pedir sua ajuda, pois estou com um problemão, sou casado, tenho filhos, os adoro, só que de uns meses pra cá tenho começado a sentir uma grande atração por minha cunhada, não sei como começou, mas estou ficando louco, pois penso nela o dia todo, tenho medo de sonhar com ela e dizer o seu nome dormindo e minha esposa escutar. O que eu faço? Como chegar nela sem perder a amizade? Se eu disser algo e ela não gostar posso criar inimizade com ela e correr o risco de perder minha esposa e o pior é que acho que ela também sente o mesmo! A propósito, ela também é casada… Edgar

irmas_440

Caro “Ed Lascar”, o senhor é mesmo um fanfarrão! Tanta mulher no mundo para se engraçar e você vai logo querendo pegar a cunhada? É óbvio que você tentará justificar o injustificável, afirmando que ela é do outro mundo, maravilhosa, cheirosa, fogosa e todas as terminações “osas” do dicionário. O que me faz crer que ela em nada se parece com a irmã, afinal, você está disposto a arriscar o casamento nessa jogada arriscada. É mais um dos fetiches que aparece por aqui.

O que o senhor deseja é uma “free pass” para tentar arrumar uma aventura com a mocinha e, se der errado, voltar aos braços daquela que te apóia. Aproveita e me pede mais coisas do mesmo nível, como, por exemplo, dar uma volta no meu carro, usar a minha cueca, ter visão de raio-x, ler pensamentos e outras maluquices do gênero.

Mas, como é meu leitor, por mais imoral que sua demanda seja, tenho o dever de tentar ajudá-lo. Posso inclusive “distrair” sua esposa enquanto você toma conta da cunhada. Calma, gente! Não pensem bobagem, no máximo, ficaria contando histórias para ela enquanto do “Ed Querer Ser Pego” não chega.

Vamos separar os problemas para facilitar a solução, ok?

Como não ser pego dormindo

Como Evitar? Muito fácil e, até mesmo, gostoso. Comece comendo tudo quanto é porcaria calórica, salgadinhos, frituras, pururucas, feijoada de segunda a sexta e tudo mais que forçar seu peso para cima. “Mas, Urso, o que isso tem a ver?” é o que o senhor deve estar se perguntando… Tudo!

Com o excesso de peso, você começará a roncar. Não demorará muito para sua mulher te expulsar do quarto e com isso o problema estará resolvido, poderá sonhar a vontade, sem medo de ser feliz ou de acordar sem o “companheiro”.

O que fazer para pegar a cunhada: preparativos e cuidados

Parte dois, “o que fazer”. Bom, eu começaria guardando sêmen em um banco para que, em uma eventualidade, você ainda possa perpetuar sua espécie. Logo em seguida pensaria em seguros, muitos deles… Caso algo dê errado, pelo menos, seus filhos terão os estudos garantidos!

Procure um psiquiatra e faça-o ele entender que é oprimido pelo seu falo (também chamado de pinto para os mais lentos) monumental, por menor e mais ridículo que ele seja. Assim você já irá guardando receituário que comprovará o quão debilitada está a sua mente. Isso servirá como prova em um possível julgamento.

Aprenda história. Em sua defesa você poderá alegar ser um homem de visão, podendo até mesmo ser presidente, afinal, Kennedy, Clinton, JK e vários outros grandes políticos tinham implacável desejo sexual e nem por isso foram maus presidentes, em compensação, Nixon e Lula…

Como não se ferrar ao pegar a cunhada

Como trecho final da resposta está a parte “como fazer e não me ferrar”. Sinto lhe dizer, mas isso é praticamente impossível! Exigiria uma falha no caráter de sua cunhada do tamanho do Grand Canyon. Quanto ao seu caráter, eu já sei que ele está escondido logo atrás da sua ereção quando a vê, portanto, está, momentaneamente, inutilizável.

Gostaria que as leitoras parassem de ler neste momento, vão assistir televisão, ouvir uma música e ignorar as palavras que seguirão. Obrigado!

Mesmo tomando todas as precauções que citei, fatalmente, mais cedo ou mais tarde, dará merda! Antes de começar a investir nessa história, sonde as partes envolvidas para saber se já houve algo parecido, pode ser que uma já fisgou o namorado da outra em tempos remotos, assim você divide a culpa… Eu sei, é baixo, mas no amor, na guerra e na sacanagem, vale tudo!

Provoque um desentendimento entre a dupla, isso também facilita, a raiva e o despeito podem fazer milagres com uma mente feminina.

Nos filmes a culpa é sempre do mordomo, mas, na vida real a história é outra, as pessoas raramente têm esses tipos de empregados, forçando a grande maioria e culpar a única culpada: ela mesma! É claro que vocês não caíram nessa pegadinha… Todos culpam mesmo é a cachaça, a “marvada”…

Seguindo essa lógica, dê um jeito de vocês se encontrarem sem os respectivos “quase chifrudos por afinidade”. Comece com uma desculpa, fale que ela chegou em ótima hora, você acabara de pedir uma pizza e seria bom mesmo que ela te acompanhasse, comer sozinho é mesmo muito chato. Obviamente, na geladeira deve estar um vinho semi-aberto, dando a falsa percepção de que estragará se não for tomado a tempo. Não beba muito, senão pode ser que sua experiência não dê certo…

O fato é que, se ela gostar de sua “conversa”, ela poderá culpar a bebida e sair com a consciência tranquila. Se ela não gostar, você culpará a bebida e ficará apenas com um cartão amarelo.

Bom, é isso! Até mais!

Gostou do conteúdo do Mais de Trinta?

Se você gostou do conteúdo do Mais de Trinta, ajude-o a crescer! Compartilhe o artigo que acabou de ler em suas redes sociais :)

Comentários

Comentários

Conteúdo exclusivo e promoções

Cadastre-se

Cadastre seu e-mail para receber as atualizações do Mais de Trinta e ser informado de promoções exclusivas para assinantes. Você receberá duas mensagens por semana!