Sunday, 12 de July de 2020

Mais de trinta

Nintendo: a gigante está em queda

nintendo_01

Não é preciso ser um expert do universo dos games para saber quais são as empresas mais importantes da história. Temos a Sony com o video game Playstation, a Microsoft com o Xbox, a antiga Sega com o Master System etc, e temos também, a consagrada e memorável Nintendo, com o Super Nintendo, Nintendo 64, Wii, Wii U, 3DS, 2DS.   A Nintendo como todos já devem ter ouvido falar, é a criadora de personagens como o Mário, Luigi, Yoshi e Zelda, famosos por terem feito parte de nossa infância e de nossos filhos, e por terem sido um dos pioneiros na introdução ao mundo virtual e de entretenimento dos vídeo games. No entanto, a empresa que sempre foi referência no assunto vem sofrendo uma queda de vendas desde o seu último console lançado, o Wii U. A coisa começou a desandar pois o antecessor Wii fez muito sucesso, levando a empresa a lançar o Wii U um ano antes dos concorrentes com a promessa de renovar o mercado com novidades para o console. Porém, o Wii U não recebeu muitos jogos e por isso, não alcançou o sucesso esperado. Depois disso começou a ficar complicado para a Nintendo se recuperar, pois apesar de terem saído jogos que agradaram o público, como o Pokémon XY e Super Mário 3D World, as outras empresas e os próprios gamers estavam focados na nova geração de consoles. A Nintendo por si só já tem uma cartela de games um pouco mais limitada do que a Sony e a Microsoft por exemplo, pois a maioria dos jogos são voltados para o público infantil, então bater de frente com a alta variedade de games e a potência gráfica dos games da nova geração faz com que seja mais difícil ainda de se destacar. Para se ter uma ideia do problema, o presidente da Nintendo, Satoru Iwata, abriu para os investidores a real situação da empresa: entre 2013\2014 o prejuízo será em torno de R$ 785 milhões, com expectativas menores ainda para 2014. O Wii U por exemplo, pretendia ser vendidos 9 milhões de unidades, que agora foram reduzidos para uma expectativa de 3 milhões. Além da queda natural do Wii e 3DS, por estarem aos poucos ficando ultrapassados. nintendo_capa Em notas para a imprensa, a Nintendo comenta que a estratégia agora talvez seja não bater de frente com as concorrentes, mas sim posicionar a empresa como a melhor opção para quem está entrando no mundo dos games, ou servindo como o vídeo game secundário para quem já está no nível mais avançado da nova geração. E agora, qual será o futuro da nossa querida Nintendo?

Fonte: 1PGames

Comentários

Comentários

Conteúdo exclusivo e promoções

Cadastre-se

Cadastre seu e-mail para receber as atualizações do Mais de Trinta e ser informado de promoções exclusivas para assinantes. Você receberá duas mensagens por semana!